Confiança do Consumidor recua em fevereiro, aponta FGV

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 2,6 pontos em fevereiro, para 87,8 pontos, o menor valor desde maio de 2019. Em médias móveis trimestrais, o índice caiu 0,6 ponto.

No mês, as avaliações sobre o presente melhoraram enquanto as expectativas em relação aos próximos meses pioraram. O Índice de Expectativas (IE) caiu pelo segundo mês consecutivo, recuando 5,7 pontos de janeiro para fevereiro, retornando ao mesmo patamar de julho de 2018 (93,2 pontos).

Entre os quesitos que integram o ICC, o indicador que mede a intenção de compras de bens duráveis nos próximos meses, pelo segundo mês seguido, foi o que mais influenciou na queda confiança ao cair 12,0 pontos, para 64,3 pontos, o menor patamar desde dezembro de 2016 (63,4 pontos), acumulando perda de 17,4 pontos nos últimos dois meses.

o resultado parece estar sendo influenciado por uma revisão das expectativas em relação à economia nos próximos meses e um menor otimismo com relação à situação financeira das famílias e do emprego. O indicador que mede as perspectivas sobre as finanças familiares piorou pelo segundo mês consecutivo, com queda de 1,7 ponto para 99,2 pontos, retornando para nível abaixo do neutro.  O indicador que mede as expectativas sobre economia nos próximos meses recuou 2,6 pontos, após três meses de alta, mas ainda se mantém em patamar superior aos 100 pontos.

 

Fonte: http://www.revistaanamaco.com.br/confianca-do-consumidor-recua-em-fevereiro-aponta-pesquisa-da-fgv–

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *