O que não fazer na organização da sua loja de materiais de construção

Na hora de organizar a loja de materiais de construção, existem algumas ações e atitudes que devem ser evitadas. Isso é fundamental para atrair clientes, incentivar a compra e aumentar a satisfação deles, o que também é muito importante para uma imagem positiva da sua loja no longo prazo.

Por isso, separamos alguns dos principais erros cometidos na administração da revenda. Confira

Falha de planejamento

O primeiro assunto a considerar na hora de montar a sua loja de materiais é o planejamento do espaço. A falta dessa etapa é um erro grave, já que a organização de gôndolas, de produtos e da zona de circulação é fundamental para uma loja agradável aos olhos do consumidor.

Por isso, antes de montar ou reformar a sua loja, é muito importante analisar bem o ambiente, medir todos os corredores e o espaço das prateleiras para configurar o local da melhor forma.

Não pensar na circulação dos consumidores

Outro erro na organização das lojas é uma má circulação para os clientes. Ninguém gosta de entrar em uma loja e ser obrigado a “se espremer” pelos corredores, trombando em itens, para ter acesso aos produtos ou ao balcão. Por isso, sempre pense no espaço para os consumidores entrarem e circularem pela revenda.

Descuidar da iluminação e da limpeza

Manter a loja limpa e bem iluminada é fundamental para tornar o ambiente mais agradável para os consumidores. Isso também passa uma ideia de mais qualidade aos clientes, já que uma loja limpa transmite a sensação de rotatividade dos produtos, sem a impressão de estar levando itens “encalhados” nas prateleiras.

Essas atitudes contribuem para uma maior sensação de qualidade e bem-estar, o que pode aumentar o tempo de permanência do seu cliente na loja e, claro, resultar em mais vendas.

Não organizar produtos por categoria

A falta de organização dos produtos por categoria pode causar confusão nos clientes e, consequentemente, a perda de uma venda. Imagine que você tenha dois produtos semelhantes, de qualidades diferentes, e que um seja mais caro que o outro. Se os dois não estiverem próximos, o consumidor não poderá comparar e optar pelo de mais qualidade e pode acabar levando um item mais barato por falta de opção.

Deixar de atualizar a vitrine e/ou as prateleiras da entrada

A falta de atualização da vitrine e das prateleiras também passa uma impressão de descuido ao consumidor. Por isso, mude os produtos periodicamente, trocando os destaques, e mantenha suas prateleiras sempre abastecidas e organizadas.

Além disso, colocar produtos mais atrativos nas vitrines e na parte da frente da loja pode conquistar novos clientes, já que alguém pode estar passando e se lembrar de algo de que precisa para a casa.

Fonte: Amigo Construtor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.